Inscrições Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida é o programa do Governo Federal de aquisição imobiliária para famílias de baixa renda.

Artigo publicado por Marcelo Costa nas categorias: Documentos de Imóveis

O sonho da casa própria sempre pareceu algo distante para os brasileiros. Quando podiam comprar um imóvel, nem sempre era do seu gosto. O Governo Federal vem investindo em projetos para que este sonho de escolher um local para morar e que possa ser seu, vire realidade. O “Minha casa Minha Vida”, é o principal programa do governo que tem ajudando diversas famílias a conquistarem a casa própria, mas você precisa ficar de olho nas inscrições Minha Casa Minha Vida. 

Objetivo do Minha Casa Minha Vida

O objetivo deste programa é garantir moradia para famílias de baixa renda. Por meio dele, é possível adquirir imóveis financiados em um prazo de 120 meses. A meta do governo Federal é contratar 3,4 milhões de moradias até 2014. Este é o principal programa do governo atualmente, ele funciona fazendo parcerias com estados e municípios, é gerido pelo Ministério das Cidades e operacionalizado pela Caixa Econômica Federal.

Programa Minha Casa Minha Vida

Como Funciona?

Podem participar pessoas físicas com renda familiar bruta mensal máxima de R$1.600,00. É preciso também ter o nome limpo, não ter nenhum financiamento de imóvel em seu nome, independentemente de estar quitado ou não e não ter usado o FGTS para financiamento ou prestação de imóvel nos últimos 5 anos. O processo começa com o governo que avalia a cidade e regiões onde podem ser construídos imóveis segundo seus critérios.

Os estados e municípios realizam, gratuitamente, o cadastramento das famílias, que se enquadram nos critérios de priorização definidos para o programa e indicam as famílias à Caixa para validação. As construtoras apresentam projetos às Superintendências Regionais da Caixa, podendo fazê-los em parceria com estados e municípios. Após análise, a Caixa contrata a operação, acompanha a execução da obra pela construtora, libera recursos conforme cronograma e, concluído o empreendimento, contrata o financiamento com as famílias selecionadas. O programa também pode ser adquirido por famílias com renda de até R$ 5.000,00, porém elas recebem outros benefícios e prioridades.

Como me Inscrever no programa?

As pessoas de baixa renda (renda de até R$ 1.600,00), devem procurar a prefeitura da sua cidade e verificar se existem inscrições abertas e como se inscrever. O órgão público disponibiliza o formulário de inscrição, que é gratuito. Para se inscrever, é preciso ter mais de 18 anos e devem portar, no ato da inscrição, RG, CPF e número da carteira profissional, mesmo que a pessoa não esteja empregada. É preciso preencher o cadastro corretamente.

Inscrição Minha Casa Minha Vida

Cadastro na Caixa Econômica Federal

Para quem possui renda de até R$ 5.000,00, é possível se inscrever através da Caixa Econômica Federal, neste caso é preciso verificar se o imóvel que pretende financiar tem parceria com o programa. O cadastro só pode ser feito pessoalmente na agência. Neste caso, o prazo máximo de pagamento também é de 30 anos, o valor do imóvel pode ser de até R$ 170 mil, e o valor financiado pode ser de até 100%.

Documentos Necessários para Entrevista

Os documentos necessários para pessoas de baixa renda são CPF, RG e carteira de trabalho, isto no ato da inscrição. Depois, na analise, além destes documentos, é necessário comprovação de renda (formal ou informal) somente para enquadramento no programa, não há analise de risco de crédito. Para pessoas de renda acima, é necessário CPF, RG, carteira de trabalho, preencher ficha cadastro habitacional, documentos de comprovação de renda (formal ou informal), IRPF, análise cadastral (SERASA / BACEN / SPC / CADIN) e então é feita análise de riscos.

Para mais informações, assista ao vídeo abaixo:



43 comentários

Comente!




*Campos obrigatórios