Reconhecimento de Firma

Conheça melhor o procedimento de reconhecimento de firma em cartório

Artigo publicado por Marcelo Costa nas categorias: Documentos Pessoa Física

O reconhecimento de firma pode ser algo complicado para as pessoas que escutam a expressão pela primeira vez e não estão muito antenadas com assuntos relacionados a cartórios e a documentos de um modo geral. Entenda mais sobre o que significa o reconhecimento de firma e saiba como fazer.

O que é

Firma é uma palavra que no dia a dia das pessoas geralmente está relacionada a um lugar de trabalho. Mas, na verdade, firma também pode ser uma palavra diretamente relacionada a assinatura da pessoa. E no caso do reconhecimento de firma, a intenção é justamente esta: reconhecer que realmente a assinatura que está em um determinado documento pertence a pessoa que assinou, e não é uma falsificação.

Como fazer

Para reconhecer a sua forma é necessário ir até um cartório ou um tabelionato. No Brasil existem apenas estas instituições que estão autorizadas a reconhecer a firma de outra pessoa.

firma reconhecida

Para este reconhecimento, as pessoas precisam ter um cadastro neste tabelionato ou cartório. Este cadastro pode ser feito na hora, ou seja no momento que as pessoas estão levando o documento para reconhecer a firma, ou também já pode ter feito anteriormente. No segundo caso a pessoa pode ter apenas que comprovar as informações que já constam ali.

Caso a pessoa tenha que fazer um cadastro, será necessário fornecer um documento original com foto e também fornecer algumas informações que são solicitadas pelo atendente. Depois disso será necessário assinar a ficha de cadastro como consta na carteira de identidade para que esta assinatura conste no documento.

O reconhecimento de firma pode ser feito de duas formas:

– Reconhecimento de firma por semelhança

Neste caso, as pessoas podem levar o documento assinado já para o cartório, e esta assinatura será comparada com a assinatura que consta na ficha de cadastro. Esta análise é feita pelo registrador ou pelo tabelião, e caso as duas assinaturas sejam semelhantes o cartório vai reconhecer e colar um selo comprovando que a assinatura é verdadeira.

– Reconhecimento de firma por autenticidade

Esta forma geralmente é utilizada para documentos que são mais importantes e exigem alguns procedimentos mais seguros. Geralmente são solicitados para documentos de transferência de veículos, títulos de crédito ou contratos com fianças e avais. Neste caso, as pessoas deverão assinar os documentos na presença de um funcionário do cartório, além de apresentar o CPF e o RG originais no momento do reconhecimento.

É importante ressaltar que em ambos os casos os dados informados devem estar corretos e os nomes que constam nos contratos e nos registros dos cartórios devem ser iguais. Caso encontre qualquer divergência que não possa ser comprovada com outros documentos, o funcionário do cartório deverá impedir que este documento seja reconhecido.

Casos onde os reconhecimentos de firma são exigidos

Qualquer entidade ou empresa pode exigir reconhecimento de firma em contratos ou comprovantes. Portanto, é necessário sempre ler o documento para saber se ele exige ou não o selo de reconhecimento da assinatura.

1 comentário

  1. maria marilene da silva (21/07/2015)

    2via conta vivo fixo ,já venceu .data do vencimento dia 09.07.2015
    quero que envia para meu email.nao recebi a conta minha casa ,para pagar.

Comente!




*Campos obrigatórios