IPTU

O IPTU é um imposto cobrado anualmente dos proprietários de imóveis urbanos

Artigo publicado por Marcelo Costa nas categorias: Documentos de Imóveis

Todo cidadão brasileiro proprietário de imóveis localizados nas zonas urbanas dos municípios, deve arcar com impostos pertinentes ao referido bem. Neste caso, estamos falando do IPTU. Você sabe quais são as características do IPTU e como pagá-lo? Confira no nosso artigo!

O IPTU (Imposto Sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) refere-se à taxa paga pelo contribuinte à Prefeitura do município, taxa esta baseada no valor calculado pela Planta de Valores Genéricos (PVG). A Planta de Valores Genéricos tem a função de atualizar anualmente, o valor do metro quadrado do imóvel, para que seja igualado ao valor atual praticado pelo mercado.

O IPTU deve ser pago, obrigatoriamente, por quem recebe mais de 15 mil reais por ano. Abaixo deste valor, pode acontecer a isenção do pagamento. Esta, deve ser solicitada diretamente com a Prefeitura da cidade.

Imposto Predial

Como Pagar o IPTU

No começo de cada ano, as Prefeituras Municipais realizam as entregas dos carnês de IPTU referentes ao ano vigente, em domicílio. Cada Prefeitura pode adotar sistemas de entrega diferenciados, porém, a grande maioria utiliza entregadores de porta em porta.

Uma vez com o carnê do IPTU em mãos, há duas opções de pagamento: através de parcela única – com descontos que chegam a 20%; ou ainda parcelado – valor total do imposto dividido em 12 vezes, sendo cada mensalidade referente a 1 mês.

Após escolher a forma de pagamento, o carnê pode ser pago em qualquer agência bancária, casa lotérica ou através de internet banking, com débito através de conta corrente. Tal forma de pagamento pode ser realizada até a data de vencimento ou prazo limite estipulado por cada Prefeitura. Após este prazo, é necessário que o contribuinte entre em contato com o departamento responsável por gerar a cobrança do IPTU, em sua cidade.

Pagamento de IPTU

Como tirar a 2ª via do IPTU

A emissão de 2ª via do IPTU pode ser solicitada no setor de REFIS – Refinanciamento Fiscal, do município. Há duas formas de solicitação: dependendo da cidade, esta é realizada pela internet ou pessoalmente.

Na cidade de São Paulo, a segunda via do IPTU paulistano é emitida através da internet, clicando aqui . Para autorizar a emissão, os seguintes dados devem ser inseridos no sistema: número do contribuinte, parcela a ser impressa, e ano de exercício. Em seguida, basta clicar em “Gerar 2ª Via”. Vale salientar que esse sistema funciona apenas para o município de São Paulo- SP. Para outras cidades, consulte a Prefeitura local.

É interessante que o contribuinte compareça ao setor de Débitos de Tributos Municipais, e solicite o extrato de débito. Assim, saberá em detalhes quais as parcelas devidas, bem como os anos referentes a tais débitos. Todas as Prefeituras fornecem, sem compromisso, as certidões de débito, mesmo que seja apenas em caráter informativo.

Para mais informações sobre o IPTU, assista ao vídeo abaixo:



1 comentário

Comente!




*Campos obrigatórios