Como Proceder Quando Seu Talão de Cheques é Roubado

Saiba o que fazer quando seus cheques são roubados

Artigo publicado por Marcelo Costa nas categorias: Documentos Pessoa Física

Levando em conta o dinheiro de papel furtado, a dor de cabeça surge de forma bastante precisa tanto para o dono dos cheques como para o comerciante que recebe o pagamento por meio dele e não tem cuidados de conferir a documentação e assinatura do ladrão que está fazendo a compra com o cheque falso.

No caso de cheques roubados o que fazer?

Caso aconteça uma situação de furtos ou roubos de cheques, o correto é a vítima do crime registrar um boletim de ocorrência, um BO na delegacia, e tendo tudo isto em mãos é importante solicitar para o banco diretamente uma sustação dos documentos de crédito.

talão de cheques

Tenha atenção também a alguns cuidados

É interessante citar que antes mesmo de fazer um BO a vítima que foi lesada com o furto deverá ligar diretamente para a central de atendimento do banco e pedir um bloqueio dos talões de cheque, procurando anotar todos os nomes dos atendentes e horários de atendimento.

Comprovando assim todas as previdências, os comerciantes que não vierem a conferir com um rigor toda a sua identidade e assinatura de falsário não é possível protestar o cheque furtado e nem mesmo negativar o nome do titular que tem o documento, por isso tenha atenção.

Veja uma situação, a vítima de cheque furtado não pediu o bloqueio do talão e nem mesmo fez um BO, é possível ainda assim processar o comerciante que protestou ou negativou o seu cheque?

Sim, ainda assim é possível, mas é fundamental que a vítima do furto do cheque tenha menos chance de ganhar a sua causa contra o comerciante ou ainda poderá a ganhar apenas pela metade, por isso este processo de reclamação sempre deve ser feito.

cheque roubado

Qual a obrigação dos comerciantes

É fundamental que os comerciantes possam conferir toda a identidade e assinatura de quem está apresentando este cheque. E ainda da mesma forma é uma obrigação do dono do cheque procurar adotar algumas providências que foram citadas acima para não sair lesado.

Caso exista uma falha de ambas as partes, as responsabilidades juridicamente falando acabam ficando divididas. O dono dos cheques, por exemplo, poderá ter na justiça um direito de cancelar o protesto e a negativação do nome em órgãos de proteção ao crédito, mas poderá ainda perder o direito de reclamar por danos morais do comerciante em meio judicial.

É interessante citar que o comerciante também tem a sua falha e por isso poderá perder o direito de cobrar ao dono do cheque o valor do mesmo que foi emitido por este falsário.

Alguns casos mais severos

Existem alguns casos onde a justiça é mais rígida e com isto o dono do cheque que for furtado deverá pagar a metade do valor do comerciante, este que também foi vítima. E por isso é muito importante que quem tiver um cheque furtado ou roubado não deixe de pedir por um bloqueio imediato dos títulos de créditos e ter o BO para acompanhamento.



Comente!




*Campos obrigatórios